Blog day 2014

É, hoje a blogosfera fica em festa!
Bem, pra quem não sabe o que é, o Wikipedia explica que a data 31/08 foi escolhida como o Dia Internacional do Blog pela semelhança na escrita da palavra blog. E a tradição nos diz que todo ano precisamos indicar blogs que consideramos interessantes, para expandir a cultura “bloguerística” pela web.

Eu participei por alguns anos, mas a ideia acabou morrendo. Só que graças a iniciativa do Rotaroots, resolvemos retomar essa linda tradição na blogosfera. Vamos as minhas indicações?

glassesHora de ver a blogosfera com outros olhos, manolo!

Sou aquela típica leitora que lê, mas não comenta, sabe? Então, entre os blogs que não saem do meu feed (devo indicar 5) estão os que acompanho a mais tempo e são bem queridos! São os blogs da Ana Carô, Tamara, Carol, as lindas do Corre Mulherada e da Paula. Alguns me fazem rir, outros me deixam mais próxima do dia-a-dia, enfim… São pessoas queridas! <3

Como o rotaroots reúne uma quantidade grande(!!) de blogs, levei um tempo para conhecer todo mundo e colocar no blogroll os blogs com as quais eu me identifiquei mais. E entre eles, estão os blogs da Aninha (minha xará!), Andressa, Ana Paula (outra xará!), Patricia e a Mari.

Confesso que não há muitos blogs que me tiram da rotina. Para me inspirar ou ter aquele momento de relaxamento/descompressão eu costumo ir para o Pinterest! (eu assumo!) Então só indico um: o Lindezas. Que tem um montão de coisa linda e diferente!

Só não me achem do ‘clube da luluzinha’ por falar só de blogs de meninas, mas foram eles que me chamaram a atenção. Cada uma sua maneira, mas me levaram a seguinte conclusão: “nossa, baita blog legal!”

FacebookTwitterGoogle+PinterestTumblrLinkedIn

ROTAROOTS de Agosto: O que eu mais gosto de escrever no meu blog?

Finalmente tomei vergonha na cara para começar a participar (de verdade, verdadeira!) dos projetos de blogagem coletiva. Eu particularmente sempre achei interessante essa ideia de propor “temas” para a blogosfera conversar. Afinal, há inúmeras visões sobre um mesmo tema! E isso sempre me deixou fascinada. Então, nada mais justo do que começar respondendo a essa pergunta:

O que eu mais gosto de escrever no meu blog?

Como muitos sabem, escrevo por aqui há um bom tempo. Não vou falar sobre datas, porque estou chegando aos 30, tá? Mas, sempre gostei da blogosfera e não me vejo sem esse espaço para vomitar o que bem entendo. Como nunca tive intenção de ganhar dinheiro com esse espaço, acabo escrevendo coisas mais aleatorias. E é exatamente isso o que eu mais gosto de escrever!

coffee_worldviagens e café = o mundo perfeito!

É como seu eu pegar uma folha de papel em branco e escrever… Sem grandes pretensões! E como sou uma pessoas de fases, acabo devontando um tempo da minha vida para estar imersa nesse universo. Por isso, acabo escrevendo mais a respeito desses momentos por aqui! Por exemplo, estou na fase café. Ou seja, escrevo aletoriedades sobre café! (vide as canecas dos sonhos, vídeos e curiosidades sobre o pretinho do nosso coração!)

Mas, há uma “eterna” fase na minha vida: viagens. Lugares, dicas, informações… Tudo relativo a colocar uma mochila nas costas e desbravar o que eu não conheço é algo que me fascina! Só que, confesso que tenho preguiça de escrever sobre isso. É meio repetitivo na blogosfera, sabe? Então, acho meio bleh.

E filosofias à parte, o importante mesmo é escrever! Seja de vez em quando, sobre qualquer assunto e a qualquer hora. Eu acredito muito nesse momento de descompressão. <3

    Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Para ler todas as blogagens coletivas do Rotaroots, clique aqui. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

FacebookTwitterGoogle+PinterestTumblrLinkedIn

Eu li: La Clave Gaudí

l-laclave

Por onde eu começo?

Nem preciso dizer que me apaixonei pela capa, né? Como uma boa amante da cultura hispanica, vi a capa do livro em um dos meus passeios pelas livrarias e não pude deixar de sentir aquela vontade de lê-lo. Mas como livro gringo por aqui é sempre caro, esperei uma boa oportunidade.

Acabei comprando uma cópia física na Casa del Libro em uma das minhas viagens, só que me rendi a cópia on-line e fiz download do arquivo para ler no Kindle. Graças esse livro que pude experimentar a experiência de ler compulsivamente um livro… É tão prazeroso que  sentir depois aquela tristeza gostosa quando vemos o fim de uma boa história fez valer a pena a leitura! :D

Bem, começo falando que a história se passa em Barcelona (duh!!), então para mim foi mais do que convidativo, né? A riqueza de detalhes do livro é tão grande, que para quem conhece a cidade, acaba caminhando de verdade junto com personagens em busca do segredo. Sim, tudo gira em torno de um segredo e das obras do maravilhoso arquiteto catalão Antoni Gaudí.

Envolvente, os autores me fizeram devorar cada palavra para finalmente me emocionar com o final. É raro um livro me fazer chorar… Mas María e Miguel, um casal que aprende a se amar me fizeram derramar algumas lágrimas. E não foi só pelo romance em si, mas também pela trama que envolve uma seita e ainda completar uma jornada que começou a mais de 2 mil anos. Parece viagem, né? Mas, só lendo pra entender…

bcnMi España querida! <3 ©Ana Pace

O gostoso do livro é como os autores convidam a conhecer mais sobre a vida e obra de Gaudí, além de passear pela linda cidade catalã. É lindo, lindo e lindo! Me ajuda a matar um pouco a saudades da zorpora querida. <3

FacebookTwitterGoogle+PinterestTumblrLinkedIn

DIY: Potes decorados

Sim! Finalmente resolvi postar meus projetos de DIY por aqui. Sabe-se lá o porque a preguiça imperou por aqui! Mas resolvi colocar minhas dicas (bobas) de como podemos deixar nossas coisinhas diferentes e mais bonitas! É o caso desses potes herméticos que eu decorei para a Conexus.

diy-potesEsse é o antes… ©Ana Pace

O fato é que de uns tempos para cá andei olhando o Pinterest e vi formas diferentes e bem legais de decorar potes, vasos e essas coisas. Aí me lembrei desse projeto que eu fiz em 2012, logo depois da mudança da Conexus para a província. O projeto foi tão simples que eu não fiz passo-a-passo! E te conto que precisei só dos potes e de um adesivo decorativo.

diy-potesDE o depois! ©Ana Pace

Depois de limpar bem a superfície de cada pote, fui cortando os adesivos da forma que eu achava mais legal para colocar nos potes e fui colando… E foi só isso! ><

Simples, fácil e eu adorei o resultado!

FacebookTwitterGoogle+PinterestTumblrLinkedIn